The Friendship!

IMG_1048

IMG_1050

IMG_1056

Friendship and love are the main feelings that give meaning to our lives. Something you can not describe in a genuine way, but you can feel it in a natural way and makes your stocks unique.

Life sometimes separates us from who we love most,  a family member or a friend and all those whom we trust and whom we could open ourselves, and mutually they are opening to us and trusting us too.
Friendship is, without the doubt, the strongest relationship is a more realistic and selfless love.
For Rita and Beth time flies when they meet again, people stop walking around, the clouds are static and can only feel the brief breeze passing between the hair, the sun creates various color gradients, nature is perfect and the most important is the friend’s feelings they feel for each other.
Sometimes we count the time  that left to us to fill the day, but for them, the time had fixed …
– Good to see you, I will fill your day  with good memories !!

A amizade e o amor são os principais sentimentos que dão sentido às nossas vidas. Algo que não se consegue descrever de forma genuína, mas sente-se de uma forma natural e faz com que as suas existências sejam únicas.
A vida por vezes separam-nos de quem mais gostamos, seja um familiar, um amigo e a todos aqueles em quem confiamos e a quem nos abrimos, e que reciprocamente se abrem a nós e confiam em nós.
A amizade é sem duvida o relacionamento mais forte, é um amor mais realista e altruísta.
Para Rita e Beth o tempo voa quando se reencontram, as pessoas deixam de caminhar ao seu redor, as nuvens ficam estáticas e apenas conseguem sentir a breve brisa que passa entre os fios de cabelo, o sol cria vários degrades de cores, a natureza é perfeita e o mais importante é o carinho que sentem uma pela outra.
Por vezes, contamos o tempo que nos resta para aproveitarmos o dia, mas para elas o tempo tinha imobilizado…
– Que bom ver-te, vou encher o teu dia de recordações!!

CREDITS: IMAGE AND TEXT THESCHEME617
Advertisements

The windows of Ribeira!

IMG_9725

The Ribeira is one of the most symbolic places of the city of Porto, in Portugal. Is more and more a cosmopolitan city, full of light and life. It’s hard not to be a tourist in your own country, every day with the rising  and the setting of the sun the city takes on a different rhythm, a different light, a different smell, is a mix of emotions which you can not describe, you just need to feel it. The wind blows and clothes hanging on the clothesline are lead by the most beautiful songs, a boy plays accordion along the river, the birds return to their nests. Colourful houses next to Ribeira gain light with the setting of the sun, the street employs an aroma of cotton candy, children play with colourful balloons, young people laugh and share stories with each other, older people remember the other times, tourists look on the natural and architectural landscape. A gentle breeze coming through the windows inside while the sun rays played in shades of orange and yellow reflections in the glass. The houses are inhabited again, it is already 18.00 and the clock at this exact moment, I close my eyes and I’ll keep this moment forever.

A Ribeira é um dos locais mais emblemáticos da cidade Portuense, em Portugal. Uma cidade cada vez mais cosmopolita, cheia de luz e vida. É difícil não ser turista no próprio país, todos os dias com o nascer-do-sol e o pôr-do-sol a cidade ganha um ritmo diferente, uma luz diferente, um cheiro diferente, é um misto de emoções no qual não se descreve, sente-se. O vento sopra e as roupas penduradas no estendal deixam-se levar pelos cânticos mais belos, um rapaz toca acordeão junto ao rio, os pássaros retornam aos seus ninhos. As casas coloridas junto à Ribeira ganham luz com o pôr-do-sol, a rua emprega um aroma a algodão doce, as crianças brincam com balões coloridos, os jovens riem-se e partilham histórias entre si, os mais velhos recordam outros tempos, os turistas contemplam a paisagem natural e arquitetonica. Uma suave brisa entrava pelas janelas dentro enquanto os raios de sol brincavam em tons de laranja e amarelo nos reflexos dos vidros. As casas ficam habitadas novamente, são 18h00 e o relógio para naquele exacto momento, fecho os meus olhos e irei guardar este momento eternamente.

 Credits: Image and text thescheme617

The Journey!

IMG_1626

The storyteller starts by describing a mix of emotions to be seen before an unexpected departure, a different country, searching for new adventures, other customs, new friends … “See you soon my beloved city, my safe home and see you soon Switzerland. . . ” In 2016, Hanna will make a big decision, searching for a new life, upgrade her knowledge, write other chapters, look for new images to her book and other characters to fill in the blank sheets – it was not any other year! It was exactly the right time to leave … – I closed my eyes and saw the houses in snow-covered wood, lit fireplace, linden tea on the table, a blanket on the couch. Near the window an old swing chair to enjoy a natural landscape on the snow covered mountains. Doesn’t leave the airport yet, the flight is delayed but still enjoying to travel in my dreams, I’m looking forward to writing new chapters of my history … Quite honestly, this is the preface of my next book “The Journey”. The narration as has already been pointed out is in the first person, that is, who tells the story takes part in it somehow. Do not miss the next chapters …

With love, Hanna

O narrador começa por descrever um misto de emoções ao ver-se perante uma partida inesperada, um país diferente, à procura de novas aventuras, outros costumes, novas amizades … ” Até breve minha querida cidade, meu porto seguro e até já Suíça …” Em 2016, Hanna tomará uma grande decisão, partir em busca de uma vida nova, preencher o seu conhecimento, escrever outros capítulos, procurar novas imagens para o seu livro e outras personagens para preencher as folhas em branco – não era um ano qualquer! Era exatamente a altura certa de partir… Fecho os olhos e vejo as casas em madeira cobertas de neve, a lareira acesa, um chá de tílias sobre a mesa, uma manta no sofá. Junto à janela uma cadeira antiga de baloiçar para poder desfrutar de uma paisagem natural sobre as montanhas cobertas de neve. Ainda não sai do aeroporto, o voo está atrasado, mas aproveito para viajar nos meus sonhos, estou ansiosa para escrever novos capítulos da minha história …. Muito sinceramente, este é o prefácio do meu próximo livro ” A viagem “. A narração, como já se apontou, desenrola-se na primeira primeira pessoa, isto é, quem conta a história participa dela de alguma forma. Não percam os próximos capítulos…

Com carinho Hanna

 

Credits: Image and text thescheme617

Сохранить